Gostou? Compartilhe:

Secretaria da Fazenda SP (Sefaz/SP) é a responsável pela arrecadação dos tributos estaduais, entre eles o ICMS, IPVA e ITCMD.  Pela gestão financeira e controle da execução orçamentária da administração estadual.

Alinhada aos mais modernos conceitos e práticas de gestão pública. Busca de forma permanente o aprimoramento da prestação de serviços de qualidade ao cidadão. Seja de forma presencial ou disponibilizando tecnologias de ponta em sistemas eletrônicos e serviços digitais on-line.

Secretaria da Fazenda SP

Secretaria da Fazenda SP

Além de utilizar métodos e processos avançados para promover a eficácia e eficiência de suas ações. A Sefaz/SP também disponibiliza sistematicamente à sociedade uma extensa gama de informações para garantir a transparência pública. Desenvolve periodicamente ações de combate à sonegação, fraude e inadimplência, além de estimular a cidadania. E o despertar da consciência tributária do cidadão paulista.

Secretaria da Fazenda SP – Estrutura

A estrutura básica da Secretaria da Fazenda, bem como suas atribuições e competências, está regulamentada no Decreto n.º 60.812, de 30 de setembro de 2014. O qual determina sua responsabilidade político-administrativa nas áreas tributária, financeira e de controle interno do Governo do Estado de São Paulo.

Entre as atribuições e competências, cabe à Sefaz/SP definir e estabelecer a política e administração tributária e financeira, o controle interno do Poder Executivo; a gestão de compras e serviços do Estado; a execução orçamentária; a administração da área previdenciária e de fomento do Estado.

A Secretaria da Fazenda de São Paulo, responsável pela maior arrecadação de ICMS entre os estados brasileiros, mantém sua sede na capital e atua em todo o território paulista, por meio de 18 unidades regionais tributárias, dezenas de postos fiscais, além de unidades administrativas e de atendimento que contemplam os 645 municípios do Estado.

Erguido no centro da capital paulista, o prédio sede da Secretaria da Fazenda. Batizado de Palácio Clóvis Ribeiro, teve sua construção iniciada em 1940. Imponente, somente vinte anos mais tarde obteve a parte civil da construção concluída.

Par maiores informações é sempre interessante acessar o site  https://portal.fazenda.sp.gov.br/Paginas/default.aspx.