Gostou? Compartilhe:

Cartão CNPJ –  Se você é empresário, com certeza já ouviu falar de cartão CNPJ, não é mesmo?

Mas você sabe o que ele é, como emitir e qual é a utilidade desse documento?

Cartão CNPJ

Cartão CNPJ

Muitos microempreendedores estão começando a se formalizar.

Mas ainda não conhecem alguns termos técnicos ou os principais documentos e licenças que a empresa deve possuir para ficar em dia com a Receita Federal e os órgãos estaduais e municipais.

Mas não se preocupe.

Cartão CNPJ

Primeiro, é importante saber que, apesar do nome, o cartão CNPJ não é um artigo de plástico, como é o seu cartão físico da conta bancária. Ele é um documento que você pode pedir a emissão a qualquer momento. Para isso, basta estar conectado à internet.

Além disso, caso você ainda seja autônomo e tenha dúvidas a respeito da formalização e a regularização da sua empresa, explicaremos as licenças que você precisará solicitar, dependendo do seu tipo de negócio.

Para ter todas elas, será necessário primeiramente fazer o cartão CNPJ.

Ele é o primeiro documento que você terá acesso e será o mais solicitado pelos órgãos federais, estaduais, municipais, fornecedores e bancos.

Não imaginava que o cartão CNPJ era tão importante?

A partir de agora, vou explicar cada detalhe para esclarecer todas as suas dúvidas.

O Que É Cartão CNPJ?

Você, como pessoa física, possui o CPF (Cadastro Nacional de Pessoa Física), do mesmo modo que a sua empresa possui o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica).

São números individuais, exclusivos e intransferíveis, que se destinam à identificação junto ao governo federal. Pois o cartão CNPJ é o comprovante de que sua empresa está devidamente registrada. Dessa forma, também pode ser chamado de Comprovante de Inscrição e Situação Cadastral.

No documento, são informados diversos dados da sua empresa, entre os quais estão:

  • O número do CNPJ;
  • A data de abertura;
  • O nome empresarial, que também é chamado de razão social;
  • O título do estabelecimento, ou nome fantasia;
  • O código e descrição da atividade econômica principal e secundária, também conhecido como CNAE;
  • O código e a descrição da natureza jurídica, que no caso do MEI é microempreendedor individual;
  • O endereço;
  • O e-mail do responsável;
  • O telefone;
  • A situação cadastral;
  • O motivo da situação cadastral.

Resumindo, o cartão CNPJ mostra as principais informações da sua empresa, e um dos itens que mais interessa é a situação cadastral. Para que possam saber se a sua empresa está ativa, suspensa, baixada, inapta ou nula. Se ele registra qualquer status diferente de “ativa”, você tem um problema a resolver.

Para Que Serve O Cartão CNPJ?

O cartão CNPJ traz os dados cadastrais da sua empresa na Receita Federal e é utilizado por pessoas físicas e jurídicas interessadas em verificar qual é a situação dela. Ele serve para identificar se o estabelecimento está devidamente cadastrado e ativo com o Fisco. É como um comprovante de sua existência e regularidade.

  • O cartão CNPJ será utilizado especialmente nesses casos:
  • Abertura de conta corrente de pessoa jurídica;
  • Solicitação de empréstimo bancário;
  • Solicitação de financiamentos em nome da empresa;
  • Cadastro da empresa nos órgãos públicos;
  • Regularização da empresa com os órgãos públicos;
  • Participação em licitações públicas;
  • Cadastro em fornecedores para parcelamento de compras.
  • Como você viu nesses exemplos, o cartão CNPJ é uma espécie de RG da sua empresa, e pode ser utilizado em diversas situações.
  • Sempre tenha uma cópia atualizada por perto para facilitar seu dia a dia.

É sempre interessante acessar o site da Receita Federal (http://www.receita.fazenda.gov.br/PessoaJuridica/CNPJ/Cnpjreva/Cnpjreva_Solicitacao.asp).